São exames realizados para avaliar a entrada e saída de oxigênio dos pulmões. Pode ser realizada apenas a espirometria, que é um teste mais simples , ou exames mais complexos como a medida da difusão ao monóxido de carbono e a medida dos volumes estáticos pulmonares.

Para que serve?
. Avaliar se o funcionamento do pulmão está normal, e se alterado, o quão alterado. Também serve quando realizado sequencialmente ao longo dos meses para determinar se uma doença pulmonar está melhorando ou piorando.
. Identificar mudanças precoces na função que orientem uma mudança de tratamento
. Determinar a utilidade de algumas medicações no tratamento
. Mostrar se a exposição a algumas substâncias em casa ou no trabalho danificou o pulmão.
. Avaliar se é possível tolerar alguns cirurgias sobre a ótica da função pulmonar.

Cuidados antes do exame

. Não fumar por pelo menos uma hora antes
. Não ingerir álcool por pelo menos quatro horas antes
. Não fazer exercício vigoroso por 30 minutos antes
. Não usar roupas apertadas
. Não fazer refeições copiosas por duas horas antes

Como é feito o Exame?

Usa-se um clip para tampar o nariz de maneira a permitir a entrada e saída de ar somente pela boca. Uma peca bucal descartável e colocada na boca e nela deve ser realizado um sopro de acordo com as intrusos dadas no momento do teste. Pode ser cansativo.

Como é realizada a Medida da Difusão ao Monóxido de Carbono?

. Esse exame é realizado apenas em alguns casos e requer a inalação de uma mistura gasosa contendo monóxido de carbono, que uma vez inalada permite ao aparelho medir a capacidade que os pulmões tem de oxigenar o sangue. Esse é o grande objetivo. O gás é de custo elevado e isso explica tanto a dificuldade em encontrar um lugar que realize o exame quanto o seu preço relativamente mais alto. Se o paciente for usuário de oxigênio é preciso interromper o fluxo por alguns minutos.

Pneumologia Pimentel © 2016 - Desenvolvimento : www.ebgconsultoria.com

Ligue: (21) 3256-2291 / 9810-36892